Publicado em 08 de Junho de 2017
Profissionais da área de educação participam de capacitação

Projeto Estantes de histórias é uma promoção da empresa Fospar/Mosaic, VR Projetos e beneficia professores, coordenadores, diretores e pedagogos da rede municipal de ensino.

Com o objetivo principal de promover a leitura entre as crianças que estudam em escolas da rede pública de ensino, disponibilizando livros infantis, selecionados e indicados por profissionais da área de educação e programas de incentivo a leitura, o Projeto “Estantes de histórias” foi realizado para que sirva de peça de apoio para professores e bibliotecários das escolas contempladas.

Na cidade o projeto é uma parceria entre a empresa Fospar/Mosaic, VR Projetos Culturais e Sociais Transformadores (através da Lei Rouanet) e a Prefeitura de Paranaguá, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Ensino Integral (Semedi), e está beneficiando neste primeiro momento mais de 150 profissionais da rede municipal de ensino, entre professores, pedagogos, coordenadores e diretores.

Foram repassadas estantes com 100 livros (dois exemplares de cada título), que serão repassadas para seis escolas da rede municipal de ensino. “A empresa Fospar trabalha muito com a parte social e este projeto vem de encontro ao trabalho que realizamos”, disse Ronaldo Sapateiro, superintendente da Fospar. “Além da contação de histórias, os professores estarão com coroas, tiaras, ou seja, caracterizados”, continuou.

A secretária, Vandecy Silva Dutra, explica a importância de um projeto como este, estar sendo desenvolvido em Paranaguá.
“Nós ficamos muito felizes quando existe essa troca entre o poder público e a iniciativa privada, com isso quem ganha são as nossas crianças e principalmente a educação do município. Agradecemos a Fospar/Mosaic pela parceria e aos quase 150 profissionais envolvidos”, explica Vandecy.

Renato Paixão, diretor da VR Projetos Culturais destaca que iniciativas como esta, está sendo realizada com recursos da Lei Rouanet, que além de ações culturais, contempla projetos como este, além de poder descontados através do imposto de renda e ser ressarcido no próximo ano.

“Os interessados em ajudar projetos como este, através da dedução do imposto de renda, podem fazer isso por um de celular no endereço wwww.irdobem.com.br. O Estante de histórias, nós recebemos verbas através da Lei Rouanet”, salienta Paixão.


Fotos: Juliana Leandro.



> Encontre-nos no Facebook

> Veja os vídeos da TVPrefeitura em nosso Canal do YouTube

Jornalista: Suzane Cicarello