Workshop aborda prevenção ao suicídio nesta sexta-feira

Evento acontece no Teatro Rachel Costa, a partir das 19h. Médico vai realizar dinâmicas para mostrar caminhos que podem bloquear depressão, ansiedade, tristeza, melancolia.

O Teatro Rachel Costa será palco do “Workshop de Prevenção ao Suicídio: Todos pela Vida” nesta sexta-feira (13), a partir das 19h. O evento é uma promoção do Instituto Marcos Toniazzo e tem apoio da Prefeitura de Paranaguá. Toda a população pode participar. A entrada será 1 quilo de alimento não perecível ou 1 peça de roupa, para doação.

O médico Jonathas Marcon Toniazzo será o responsável pela dinâmica do workshop e defende tratamento que normalmente não é tão convencional. “Nossa missão é informar à população que o suicídio é um ponto final. E por isso temos que estar atentos aos caminhos que levam ao suicídio: depressão, ansiedade, tristeza, melancolia. No workshop vou mostrar artigos e estudos para a população e bastantes dinâmicas”, comenta.

Para Toniazzo, é importante a sociedade discutir cada vez mais o assunto. “Temos que encarar esses problemas. É tão comum a pessoa banalizar o problema e achar que está tudo bem. Mas não está nada bem.

As dinâmicas vão envolver ferramentas da neurociência, de acordo com o médico, que já viveu muitas das situações que serão expostas no workshop. “A dinâmica é a tomada de consciência e pessoa vai ver o que está causando o problema e tomar uma decisão na sua vida, dar um basta, para bloqueá-lo”, declarou o médico.

O evento contará com sorteio de brindes. Além do workshop ainda estão programadas outras ações que visam combater o suicídio, dentro da programa do “Setembro Amarelo”, mês em que mundialmente é discutido o tema. No dia 18 a Secretaria Municipal de Saúde vai promover treinamento para pedagogos da rede estadual, no Colégio José Bonifácio, e no dia 25, aos profissionais das redes municipal e privada, no auditório da Secretaria Municipal de Educação.

O objetivo é levar a temática para discussão para as salas de aula, com abordagens para crianças e jovens da cidade, já que atualmente o suicídio é a segunda causa de morte no país entre pessoas com idade entre 14 e 29 anos, segundo dados da Organização Mundial de Saúde.

> Encontre-nos no Facebook