Publicado em 22 de Março de 2016

Sesa investiga duas mortes por dengue em Paranaguá

Município lamenta dois óbitos ocorridos nesta semana, que emitem um alerta para toda a população parnanguara sobre a necessidade de o Poder Público e a sociedade estarem vigilantes com relação ao combate ao Aedes Aegypti.
A Prefeitura de Paranaguá vem a público comunicar que os dois recentes falecimentos ocorridos no município sob suspeita de serem decorrentes da dengue estão sendo investigados pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesa). O município lamenta os dois recentes óbitos de um jovem de 12 anos e uma cidadã de 34 anos, manifestando sua solidariedade aos familiares e luto, junto com toda a sociedade de Paranaguá. Fichas dos pacientes falecidos já foram coletadas e enviadas pelo município para a Sesa, que está investigando e irá divulgar em breve o seu relatório definitivo.

Os falecimentos emitem um alerta para toda a população parnanguara sobre a necessidade de o Poder Público e a sociedade estarem vigilantes com relação ao combate contínuo à proliferação do Aedes Aegypti. O município pede encarecidamente para que todos os cidadãos eliminem possíveis criadouros em suas residências, bem como destinem seus resíduos de forma correta, evitando a proliferação do mosquito.

Com relação ao atendimento da população, a Prefeitura não poupa esforços financeiros e estruturais para que todos os cidadãos sejam atendidos pela rede municipal de saúde já na simples suspeita de estarem com doenças causadas pelo Aedes Aegypti: dengue, Zika vírus e chikungunya. O Centro de Referência no combate à dengue, criado pela Prefeitura em janeiro deste ano com foco específico no combate à epidemia, continuará funcionando durante todo o ano, com médicos e funcionários que foram contratados pelo município em fevereiro, com uma verba de R$ 3,9 milhões enviada pela Sesa. Centenas de atendimentos são feitos diariamente no local.

A Prefeitura está tomando ações contínuas há meses para o combate ao Aedes Aegypti em Paranaguá. Desde janeiro deste ano, o município, ao lado do Governo do Estado e Defesa Civil, criou uma Sala de Situação no combate à dengue, onde a população pode fazer denúncias com relação à epidemia e esclarecer dúvidas através do telefone 199. Na sala, há uma união de esforços entre município, Estado e sociedade organizada, a fim de combater o Aedes Aegypti constantemente. Diariamente reuniões são feitas e ações são programadas no município, com análise constante do quadro específico da dengue em toda a área urbana de Paranaguá e programação de ações em toda a cidade.

Equipes de agentes de endemias atuam em todos os bairros contra o Aedes Aegypti nas residências, bem como conscientização da população. Além disso, está sendo feita pela Prefeitura constantemente a limpeza de de ruas, prédios públicos e logradouros do município, eliminando possíveis criadouros do mosquito. Desde o início de março, soldados das Forças Armadas estão atuando semanalmente ao lado dos agentes do município e equipes da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa). Os militares permanecerão concentrados em Paranaguá nos próximos dois meses, intensificando o combate ao Aedes Aegypti.


> Encontre-nos no Facebook

> Veja os vídeos da TVPrefeitura em nosso Canal do YouTube


Jornalista: Leonardo Quintana Bernardi

Outras Notícias


Prefeitura Municipal de Paranaguá
Rua Júlia da Costa 322 - Centro Histórico
CEP: 83203-060 - Paranaguá - PR
CNPJ: 76.017.458/0001-15

© 2017 - Departamento de Tecnologia da Informação