Publicado em 05 de Abril de 2016

Paranaguá deve ser o primeiro município a receber vacina contra a dengue

Prefeito Edison Kersten ressaltou o fato em entrevistas às rádios locais nesta terça-feira (05). Vacinação colaborará na luta contra a dengue.
Em entrevistas concedidas às rádios locais nesta terça-feira (05), o prefeito Edison Kersten anunciou a possibilidade de Paranaguá ser o primeiro município do Paraná a receber, por parte da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), as vacinas contra a dengue aos cidadãos com idade entre 09 a 45 anos. O anúncio da vacinação no estado foi feito nesta sexta-feira (01), em coletiva com o secretário estadual de Saúde, Michele Caputo Neto.

“A demonstração de empenho do Estado em trazer as vacinas contra a dengue para os cidadãos de Paranaguá demonstra a preocupação do governo estadual com a epidemia da doença na cidade. Apesar disso, a principal arma contra a dengue é a prevenção, com eliminação de criadouros do mosquito Aedes Aegypti, algo que deve ser feito pela população e que está sendo constantemente uma missão da Prefeitura nos locais públicos, ruas e locais de sua responsabilidade”, afirma o prefeito Edison Kersten.

Segundo a Sesa, a vacinação será feita de forma gratuita, a partir de junho. As doses serão adquiridas com recursos do Estado, com valor dentro de R$ 25 milhões reservados pelo governador Beto Richa para a aquisição das doses. A definição dos preços será feita nos próximos 20 dias pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos.

Assim que o preço for definido de forma específica, segundo a Sesa, o Estado então dará andamento à negociação de compra com a empresa farmacêutica francesa Sanofi Pasteur, que produz a única vacina contra a dengue que é registrada no país. O Paraná pretende adquirir cerca de 500 mil doses, deste total, uma grande quantia será destinada à Paranaguá, município com mais casos de dengue no estado.

CASOS GRAVES DE DENGUE PODERÃO SER REDUZIDOS EM ATÉ 93%

De acordo com estudos feitos pela empresa Sanofi, a aplicação da vacina em larga escala diminui em até 93% os casos graves de dengue nos municípios, também reduzindo em cerca de 81% o número de internações de pacientes com a doença em cidades com campanhas de vacinação. “Com a redução considerável de casos graves com a vacinação, junto com as ações já feitas pelo município e aplicação futura de mosquitos geneticamente modificados, o município irá atuar de forma ainda mais intensa no combate ao Aedes Aegypti”, completa o prefeito Edison.

A indicação de vacinação para cidadãos entre 09 a 45 anos é uma determinação da empresa farmacêutica, que também leva em consideração aspectos epidemiológicos, como número de casos da cidade, o grau de exposição dos cidadãos ao mosquito, bem como grupos de risco e faixa etária que podem sofrer uma forma mais grave da dengue.

> Encontre-nos no Facebook

> Veja os vídeos da TVPrefeitura em nosso Canal do YouTube


Jornalista: Leonardo Quintana Bernardi, com informações da Sesa.

Outras Notícias


Prefeitura Municipal de Paranaguá
Rua Júlia da Costa 322 - Centro Histórico
CEP: 83203-060 - Paranaguá - PR
CNPJ: 76.017.458/0001-15

© 2017 - Departamento de Tecnologia da Informação