Teatro Rachel Costa



História do Teatro

O antigo casarão da família Veiga foi construído a partir de pedras retiradas de uma demolição da Igreja do Bom Jesus dos Perdões, em 1938. Após ficar abandonado, conservada apenas a fachada e o frontispício, o imóvel foi adquirido pela Prefeitura de Paranaguá e, após ser restaurada, parte da construção nova, ergueu-se o Cine Teatro “Rachel Costa Pereira”, com 497 lugares, sedia cursos, apresentações, concertos e apresentações teatrais e ainda propõe-se à exibição de filmes populares e culturais O Cine Teatro Municipal de Paranaguá leva o nome da professora Rachel Costa.

A homenageada: Rachel Costa

Rachel de Souza Pereira da Costa nasceu em Paranaguá no dia 03 de abril de 1926. Filha de Antonio Moraes Pereira da Costa (Tonhá Régis) e Maria Lupia de Souza Pereira da Costa. Órfã de mãe aos dois anos de idade, Rachel ficou aos cuidados de sua avó materna e tia. Iniciou seus estudos em Paranaguá e, por algum tempo, estudou em Antonina para onde seu pai foi transferido por ser funcionário público federal.

Ao chegar a época do curso ginasial Rachel retornou a Paranaguá para continuar seus estudos, vindo a residir na casa do seu tio materno Eugenio José de Souza (Seu Genico) político de destaque na cidade e de sua esposa Erotides Arzua (dona Tide) que ensinou a Rachel as primeiras noções de música e da técnica pianística. Continuou seus estudos de piano com a professora Maria José dos Santos Alves (a dona Zezita) que, em agosto de 1942, instalou em nossa cidade a academia musical de Paranaguá. Rachel concluiu o curso de piano e participou de vários recitais e concertos.

Numa ocasião, a grande pianista Madalena Tagliaferro, ouvindo Rachel tocar, elogiou sua interpretação e técnica e ofereceu a ela um curso de especialização pianística. A família de Rachel não aprovou a idéia. Na década de 1950 foi nomeada professora de música e canto orfeônico do ginásio José Bonifácio e da Escola Normal Dr. Caetano Munhoz da Rocha. Sempre dinâmica e competente organizou som seus alunos vários orfeões, festivais de música, apresentações de peças teatrais e grandes festas que aconteciam no palco do antigo Cine Teatro Santa Helena. A grande paixão de Rachel era a música. Formou o primeiro Coral de professores de Paranaguá, o coral “Diva Vidal” que viajou representando Paranaguá até no exterior.

Rachel também dirigiu o conservatório de música de Paranaguá e como professora de piano, formou várias gerações de pianistas, entre elas Gisele Rizental, hoje concertista de projeção nacional. Era amante das artes em geral, presença sempre marcante e frequente nos recitais de poesias, espetáculos de teatrais e apresentações musicais. Rachel foi uma personalidade de grande influencia na sociedade cultural parnanguara. Após sua aposentadoria no Estado, continuou a lecionar piano e teclado, participou de vários corais em Curitiba. Faleceu em 13 de junho de 2005. Pela grande contribuição dada à nossa cultura, Rachel Costa tem seu nome incluído na galeria doa grandes vultos parnanguaras.

Agenda Cultural Abril 2018

 

DIA

EVENTO

HORÁRIO

24

Terça - Feira

Espetáculo de Dança "Conhecendo a Arte Flamenca"

20h

25

Quarta - Feira

1ª Oficina de Engajamento do Plano para o Desenvolvimento Sustentável do Litoral do Paraná – PSD Litoral

15h30

 

Espetáculo de Dança "Conhecendo a Arte Flamenca"

Dando continuidade à circulação de espetáculos nas cidades históricas do litoral do Paraná, Antonina, Morretes e Paranaguá, a Mostra de Artes Circuito da Maré traz nos dias 23, 24 e 25 de abril a Cia Aire Flamenco, com o espetáculo de dança “Conhecendo a Arte Flamenca”.

Arte nascida na Andalucía - sul da Espanha - o Flamenco foi declarado Patrimônio Imaterial da Humanidade pela Unesco em 2010. A música e a dança flamenca são admiradas, estudadas e difundidas pelo mundo há muitos anos, mas espetáculos que reúnam seus componentes essenciais, que são a música ao vivo e a dança, num diálogo intenso e que permita improvisação, ainda são pouco vistos. Com o objetivo de levar este diálogo e esta força ao público, de uma forma compreensível e descontraída, a Cia Aire Flamenco criou esse espetáculo demonstrando e explicando os componentes do flamenco, seus diversos ritmos, suas particularidades e origens.

O elenco formado por Cristiane Macedo - direção, coreografias e baile, Joe Caetano - coreografias e baile, Ozir Padilla (guitarra y cante) e Fabián Ferraz (flauta e sax) , busca levar o flamenco a todos os

públicos e desenvolver um trabalho que está continuamente bebendo da fonte – o flamenco puro e tradicional – e ao mesmo tempo sendo amalgamado à brasilidade e influências de cada intérprete da Cia

Aire Flamenco.

A Mostra de Artes Circuito da Maré é um projeto aprovado pela Lei Rouanet, que foi selecionado no Edital

Circula Paraná da Secretaria de Estado da Cultura/Governo do Paraná e tem o patrocínio da COPEL, ELEJOR e SANEPAR.

Data: 24/04/2018

Horário: 20h

Ingressos: Entrada Franca Classificação: Livre Informações: (41) 99973 2587

 


 

1ª Oficina de Engajamento do Plano para o Desenvolvimento Sustentável do Litoral do Paraná – PSD Litoral.

Data: 25/04/2018

Horário: 15h30

Ingressos: Entrada Franca Classificação: Livre Informações: (41) 99975-1750

Notícias

Contato

Endereço Rua XV de Novembro, 87 Centro Histórico – 83203-010
Paranaguá | Paraná | Brasil

Contato:

Telefones: (41) 3425-1078 (41) 3425-1429

E-mail: teatrorachelcosta@gmail.com



Prefeitura Municipal de Paranaguá
Rua Júlia da Costa 322 - Centro Histórico
CEP: 83203-060 - Paranaguá - PR
CNPJ: 76.017.458/0001-15

© 2018 - Departamento de Tecnologia da Informação