Publicado em 26 de Junho de 2017

Prefeitura só poda árvore que pode trazer riscos aos cidadãos

Galhos podem cair na cabeça de um adulto ou de uma criança, além de poder dar prejuízo a um munícipe caindo sobre um carro ou provocar acidentes. Substituição começa hoje, dia 26. Laudo comprobatório pode ser verificado na matéria
Infestada por erva-de-passarinho e epífitas e com deterioração do tronco, o sombreiro de grande porte com galhos pendurados no canteiro central da rua Conselheiro Sinimbu, teve laudo para corte e poda de árvore pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável da Prefeitura de Paranaguá.

Naquela via, ainda há Ipês que apresentam tronco deteriorado, enquanto que as espécies de Ficus e Cinamomos são exóticas invasoras e também serão retiradas por apresentar o mesmo risco que o sombreiro.

Com o objetivo de prevenir riscos aos cidadãos e confirmando o estado sanitário da árvore, foi determinado o corte. E a substituição começa nesta segunda-feira, dia 26.

No caso das espécies invasoras, o plantio ou a propagação indevida impossibilita o desenvolvimento adequado de árvores vizinhas. Este tipo de espécie invasora, tóxica ou inadequada, tem propagação prejudicial comprovada e por isso estas espécies exóticas também serão retiradas.

Há ainda a interferência com os sistemas de infraestrutura urbana e viária. Porém, o mais importante, é ainda evitar riscos aos cidadãos como galhos ou a árvore inteira quebrada sobre uma pessoa, um bebê, criança ou idoso, além de poder provocar acidentes como o que ocorreu com a nadadora olímpica Larissa Oliveira, em março deste ano, em São Paulo, quando uma árvore caiu sobre seu carro e um galho perfurou sua coxa. Ela teve que ser submetida a uma cirurgia.

Casos justificados
A extração de qualquer árvore, no município de Paranaguá, somente será admitida com prévia autorização expedida pela Secretaria responsável, através de laudo técnico, nos seguintes casos:
I - quando o estado sanitário da árvore justificar;
II - quando a árvore, ou parte dela, apresentar risco de queda;
III - quando a árvore constituir risco à segurança nas edificações, sem que haja outra solução para o problema;
IV - quando a árvore estiver causando danos comprovados ao patrimônio público ou privado, não havendo alternativas para solução do problema;
V - quando o plantio irregular ou a propagação espontânea de espécies impossibilitar o desenvolvimento adequado de árvores vizinhas;
VI - quando se tratar de espécie invasora, tóxica ou inadequada, com propagação prejudicial comprovada;
VII - quando da implantação de empreendimentos, reformas ou benfeitorias, públicos ou privados, não existir solução técnica comprovada que evite a necessidade da extração ou corte, caso em que se exigirá o transplante ou a reposição;
VIII - quando forem respeitados os padrões urbanísticos para o local (taxa de ocupação, recuo predial, taxa de permeabilização)."

Solicitação
Para solicitar uma intervenção em árvores, o requerente deve se dirigir diretamente à Prefeitura, na Rua Júlia da Costa, 322, com a devida documentação exigida no requerimento. O requerimento também se encontra disponível no site da Prefeitura, através do link:
http://www.paranagua/imgbank2/file/meio_ambiente/REQUERIMENTO%20PARA%20VISTORIA%20EM%20%C3%81RVORES.pdf
Para maiores esclarecimento entrar em contato com a Secretaria de Desenvolvimento Sustentável: Urbanismo e Meio Ambiente, através do Departamento Florestal pelo telefone 3420-2967 e/ou 3420-6142. O horário de atendimento técnico é das 14 H às 17 H, de segunda à sexta-feira.

> Encontre-nos no Facebook

> Veja os vídeos da TVPrefeitura em nosso Canal do YouTube


Jornalista: Luciane Chiarelli

Outras Notícias


Prefeitura Municipal de Paranaguá
Rua Júlia da Costa 322 - Centro Histórico
CEP: 83203-060 - Paranaguá - PR
CNPJ: 76.017.458/0001-15

© 2017 - Departamento de Tecnologia da Informação