Publicado em 06 de Novembro de 2018

Vacinação contra dengue começa nesta quarta-feira na rede municipal

Campanha vai de 7 de novembro a 7 de dezembro. Meta é imunizar 1 mil pessoas. Só pode tomar a terceira dose quem tomou a segunda.
A Secretaria Municipal de Saúde e Prevenção (Semsap), juntamente com a 1.ª Regional de Saúde do Litoral, iniciam nesta quarta-feira (7) o quinto ciclo de vacinação contra a dengue. A dose estará disponível em todas as unidades básicas de saúde de Paranaguá, em horário comercial.

A campanha de vacinação é do Governo do Estado, responsável pela compra das doses, e cabe ao município oferecer a estrutura necessária para a aplicação no público-alvo. A meta é imunizar 1.000 pessoas, com idade entre 9 e 44 anos, 11 meses e 29 dias, que já tenham tomado a primeira e a segunda doses.

As doses estarão disponíveis também nas colônias e nas duas unidades de saúde da Ilha do Mel (Nova Brasília e Encantadas). Moradores de comunidades pesqueiras e outras ilhas que precisem ser imunizados serão atendidos pela equipe itinerante do Estratégia Saúde da Família (ESF). O calendário para aplicação será divulgado em breve.

O quinto ciclo de vacinação contra a dengue seguirá até 7 de dezembro e 24 de novembro foi escolhido para o Dia D, quando todas as unidades de saúde abrirão suas portas para a aplicação das doses.

A secretária municipal de Saúde e Prevenção, Lígia Regina de Campos Cordeiro, alerta para a importância de se vacinar, o que deixa o cidadão protegido contra a doença. “Fechar o esquema vacinal é muito importante. Peço ao público-alvo para que procure nossas unidades para assim se proteger”, destacou a secretária.

Com base em dados repassados pelo Governo do Estado agentes comunitários de saúde estão fazendo a busca ativa de quem ainda não concluiu o esquema vacinal. Ocorre que ao tomar a primeira e a segunda doses o paciente teve que preencher cadastro, que agora está sendo usado pela equipe do Estratégia Saúde da Família (ESF) para localizar o público-alvo.

O prefeito Marcelo Roque alerta que a vacina é uma das medidas para prevenir a dengue, mas é importante antes de tudo combater o mosquito transmissor não só desta doença, mas também da zika, chikungunya e da febre amarela, o Aedes Aegypti. “Enquanto poder público estamos fazendo nossa parte, limpando todos os espaços públicos e retirando entulhos. Mas o cidadão também deve fazer o que lhe compete, que é limpar seu quintal e dar a destinação correta para seu entulho produzido”, comenta o prefeito.

Marcelo Roque já determinou às secretarias municipais de Saúde (por meio da Vigilância Sanitária), de Meio Ambiente (Patrulha Ambiental) e de Urbanismo providências para que a população de Paranaguá faça sua parte, inclusive penalizando casos reincidentes de desrespeito à legislação ambiental e ao Código de Postura do município. “É importante que todos façam sua parte. Não podemos mais ficar à mercê da própria sorte, correndo o risco de termos uma nova epidemia como a que houve em 2016, que resultou em 29 mortes”, defendeu o prefeito.

> Encontre-nos no Facebook

> Veja os vídeos da TVPrefeitura em nosso Canal do YouTube


Jornalista: Osvaldo Capetta

Outras Notícias


Prefeitura Municipal de Paranaguá
Rua Júlia da Costa 322 - Centro Histórico
CEP: 83203-060 - Paranaguá - PR
CNPJ: 76.017.458/0001-15

© 2018 - Departamento de Tecnologia da Informação