Prefeitura de Paranaguá e Instituto Federal do Paraná assinam convênio para criação de primeira rádio educativa da cidade

A Parceria inclui a cessão de 2h na grade de programação da rádio em contrapartida da cessão do espaço onde será instalada a antena de transmissão

A parceria entre a Prefeitura de Paranaguá e o Instituto Federal do Paraná (IFPR) já garantiu o primeiro restaurante cidadão e agora Paranaguá se tornará a primeira cidade da rede federal a ter uma rádio educativa.

Em breve, a população poderá sintonizar 106.3 no rádio e ter informações 24 horas por dia.

O termo de Convênio do Acordo de Cooperação Técnica entre as instituições foi homologado e assinado hoje (19) com a presença do prefeito Marcelo Roque e o reitor do Instituto, Paulo Yamamoto e da secretária de Comunicação Camila Roque.

O IFPR conseguiu a concessão de uma rádio e as tratativas com a Prefeitura começaram há um ano. A Prefeitura vai ceder um espaço para instalação de uma antena e o IFPR vai ceder duas horas na grade de veiculação para que sejam divulgadas informações produzidas e fornecidas pela equipe da Secretaria Municipal de Comunicação (SECOM).

A secretária de Comunicação, Camila Roque, lembrou que não haverá custo nenhum para o município e que a parceria com as demais rádios da cidade permanecerá. “E ainda sabemos que haverá geração de novos empregos na área, o que é sempre muito importante. Agradeço a equipe do IFPR e acredito que teremos mais um meio democrático de informar a população com seriedade e transparência”, destacou Camila.

O prefeito Marcelo Roque lembrou que é mais uma ferramenta de comunicação que estará a serviço da população e agradeceu a colaboração do deputado federal Sandro Alex que indicou uma emenda parlamentar que ajudará nos custos “A população terá mais um meio de comunicação para buscar informação fortalecendo as oportunidades e o acesso às notícias”, disse Roque.

Além de ser o primeiro campus do Instituto Federal no Paraná, o IFPR-Litoral está na vanguarda de diferentes iniciativas. O reitorPaulo Yamamoto lembrou que é simbólico este momento, pois trata-se da primeira rádio da rede federal. “Será a primeira de muitas que o Instituto pretende instalar”, informou.

Ele adiantou que a emenda parlamentar será recurso para contratação. “Devemos começar processo de contratação e instalação da antena em janeiro”, complementou o reitor Yamamoto.

O diretor de comunicação do IFPR, Erick Feitosa, lembrou que a rádio educativa de Paranaguá poderá, por exemplo transmitir seus programas em outras das rádios da rede federal, assim como repercutir material das rádios irmãs. Também comentou que o nome da rádio poderá ser feita por consulta pública junto aos acadêmicos. “Queremos aproximar nossos estudantes desta nova iniciativa”, explicou.

Também participaram do encontro os diretores do IFPR Hugo Alberto Berlim e Antonio Carlos Vissotto; o Chefe de Gabinete do reitor, Carlos Alberto Rosário e a secretária Municipal da Mulher, Vandecy Dutra e a equipe de jornalistas e comunicadores da SECOM.

> Encontre-nos no Facebook